Buscar

Notícias

03-07-2018

Categoria: Santuário

O Monge torna-se Padre

O Arcebispo chamou o Monge da Gruta a Salvador e, após uma preparação, ordenou-o sacerdote em 1706.  Nomeou-o Capelão do Santuário do Senhor Bom Jesus da Lapa e de Nossa Senhora da Soledade. Em homenagem à Santa, o Monge passou a chamar-se Padre Francisco da Soledade.

 

Padre Francisco voltou à Gruta e, levado pelo zelo apostólico, pregava por toda a parte o Santo Evangelho, administrando os Sacramentos, aconselhando e curando os doentes, consolando os escravos, tornando o Bom Jesus e a Senhora da Soledade mais conhecidos e amados.

 

Em resposta ao amor do Senhor Bom Jesus, este povo sentia a obrigação de peregrinar até a gruta, visitando nela a sua Imagem, principalmente nos dias das festas, a fim de agradecer as graças recebidas.

 

Assim, nasceu a Romaria, que até hoje continua sendo uma expressão de fé e amor ao Bom Jesus.

Padre Francisco da Soledade, “o Monge da Gruta”, foi o iniciador do culto ao Bom Jesus e o organizador do Santuário. Foi ele que fez os primeiros altares, conseguiu paramentos, castiçais, as Imagem de Santo Antônio de Lisboa e Nossa Senhora da Soledade.

 

A gruta se tornou o Santuário do Senhor Bom Jesus: convertera-se em igreja maravilhosa, lugar de descanso e devoção para os viajantes, em centro de peregrinação e romaria, tendo enfermaria, hospital de doentes e asilo de pessoas pobres, as quais todas eram tratadas com muita caridade. Foi também centro de agricultura, visto que o “Monge” plantava as lavouras do sertão. Além disso, tornou-se centro de missões, de onde estas se irradiaram para os lugares mais afastados do imenso sertão.

 

É quase certo que o Padre Francisco morreu na Lapa. Pobre, humilde e piedoso como havia vivido, entregou seu espírito ao Criador no mesmo Santuário que ele fundara. Sua morte ocorreu provavelmente depois de 1722, com aproximadamente 65 anos de idade.

 

A tradição nos aponta a “Cova do Monge”, ao lado direito do altar-mor, como lugar onde foi enterrado seu corpo. É a mesma cova onde fazia orações e penitências e que lhe servia de dormitório. Lá se pode ver uma pedra de mármore preto com a inscrição: “Aqui foi sepultado o Padre Francisco da Soledade, sacerdote secular, que trouxe a Imagem Milagrosa do Bom Jesus a esta lapa e nela viveu em oração e penitência. Descanse em paz”.

Eventos

Campanha

Espiritualidade

×

Próximo
evento: